ENTÃO falou Salomão: O Senhor disse que habitaria nas trevas.

2 Crônicas 6:1-11 (leia aqui)

Salomão, antes de reunir todo o povo, louva ao Deus de Israel, relembra Seus atos de graça e explica as razões pelas quais o templo foi construído.

O desejo do rei era direcionar o coração do povo ao Senhor. Pensemos no Único que podia declarar, após ter atravessado a morte: “A meus irmãos declararei o teu nome; cantar-te-ei louvores no meio da
congregação” (Salmo 22:22). Algumas vezes receamos orar a Deus Pai. Acreditamos que encontraremos mais compreensão e amor no Senhor Jesus. Isso não é falta de confiança no Deus de amor? “Porque o próprio Pai vos ama”, confirmou o Senhor Jesus aos Seus discípulos (João 16:27). Cristo deseja que conheçamos Seu Pai da mesma maneira que Ele conhece. No entanto, a cruz foi necessária para possibilitar tal relacionamento. Além disso, as primeiras palavras de Jesus após a ressurreição foram: “Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus” (João 20:17). Agora que a obra da redenção foi cumprida, não mais lidamos com um Deus terrível, um Juiz que tem de ser apaziguado. Para nós, Deus é nosso Pai, de quem podemos aproximar-nos sem medo, em nome do Senhor Jesus.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: