HOUVE um homem de Ramataim-Zofim, da montanha de Efraim, cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Eliú, filho de Toú, filho de Zufe, efrateu.

1 Samuel 1:1-11 (leia aqui)

Chegamos hoje aos livros de Samuel. No entanto, o período dos juízes ainda não acabou, e veremos mais dois deles – Eli e Samuel – antes de iniciar o tempo dos reis. Como fez com Sansão, Deus começa apresentando-nos a família na qual Samuel nasceria. Elcana era um levita que vivia na montanha de Efraim (1 Crônicas 6:33-38). Ele tinha duas esposas, Ana e Penina. Isso não estava de acordo com a vontade de Deus, e veremos as conseqüências disso na família dele. As brigas chegaram a tal ponto que Penina podia ser chamada de adversária de Ana. Em vez de consolá-la por não ter um filho que tanto desejava, Penina continuamente provocava sua “rival”. Que triste é ter inimigos dentro da própria família! Como é nosso relacionamento com nossos irmãos e irmãs?

Todo ano Elcana e sua família subiam para Siló, o centro estabelecido pelo Senhor para a adoração, onde estavam a arca e os sacerdotes. Naquele ano, Ana colocou sua dor diante do Senhor em oração. Isso foi a melhor coisa que ela fez. Em vez de atacarmos os que nos ofendem, deveríamos fazer o mesmo que Ana. Assim, experimentaremos o que é sermos consolados pelo “Deus de toda consolação” (2 Coríntios 1:3).

Anúncios

2 Respostas

  1. ESTE BLOG É ABENÇOADO

  2. Gloria Deus fazendo um estudo, e feliz ter encontrado aqui o que precisava. Vemos em meio ao seculo XXI. Famílias sendo rivais entre si, porque o amor de muitos se esfriaria, porem, vejo que ouve uma situação pra que Ana se esforçasse em pedir por sua vitória.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: