Todo Dia Com as Escrituras Números 13:27-33 e 14:1-10 (leia aqui) Doze espiões foram enviados: um de cada tribo. Inicialmente não havia distinção entre eles. Mas a jornada de quarenta dias colocou os homens à prova (o número 40 na Bíblia sempre fala de teste). E, no retorno, cada um mostrou o que havia em seu coração. O resultado? Dez eram incrédulos; apenas dois, Josué e Calebe, tinham confiança em Deus. A fé conhece o Senhor e avalia as circunstâncias de acordo com o ponto de vista dEle. A incredulidade, por outro lado, mede tudo por padrões humanos e é detida por obstáculos visíveis. Os gigantes, filhos de Anaque, não eram imaginários, tampouco eram muralhas instransponíveis. Porém, a falha daqueles homens foi olhar para as próprias limitações e levar em consideração o que os inimigos pensavam sobre eles (v. 33). Eles deveriam olhar para o Senhor. Josué e Calebe não se envergonharam de declarar a fé que tinham diante de todos. Eles valorizavam o prêmio da herança prometida e imploraram a seus irmãos para tomar posse dela. Que exemplo sublime! Estejamos entre os que recomendam a “terra”, ou somos tais que encorajam outros a seguir ao Senhor Jesus? Discordar é sempre difícil e às vezes perigoso. Josué e Calebe não foram apedrejados pelo povo, pois tinham Deus do lado deles (v. 10).

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Números 14

1  ENTÃO toda a congregação levantou a sua voz; e o povo chorou naquela noite.

2  E todos os filhos de Israel murmuraram contra Moisés e contra Arão; e toda a congregação lhes disse: Quem dera tivéssemos morrido na terra do Egito! ou, mesmo neste deserto!

3  E por que o Senhor nos traz a esta terra, para cairmos à espada, e para que nossas mulheres e nossas crianças sejam por presa? Não nos seria melhor voltarmos ao Egito?

4  E diziam uns aos outros: Constituamos um líder, e voltemos ao Egito.

5  Então Moisés e Arão caíram sobre os seus rostos perante toda a congregação dos filhos de Israel.

6  E Josué, filho de Num, e Calebe filho de Jefoné, dos que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes.

7  E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pela qual passamos a espiar é terra muito boa.

8  Se o Senhor se agradar de nós, então nos porá nesta terra, e nô-la dará; terra que mana leite e mel.

9  Tão-somente não sejais rebeldes contra o Senhor, e não temais o povo dessa terra, porquanto são eles nosso pão; retirou-se deles o seu amparo, e o Senhor é conosco; não os temais.

10  Mas toda a congregação disse que os apedrejassem; porém a glória do Senhor apareceu na tenda da congregação a todos os filhos de Israel

« »