Todo Dia Com as Escrituras Números 13:1-26 (leia aqui) O povo está chegando perto da terra prometida. Moisés envia doze homens como espiões com a missão de explorar a terra e trazer informações e alguns frutos dela. Quarenta dias são necessários para o reconhecimento do lugar. Os espiões vão a Hebrom, local como qual já estamos familiarizados; foi ali que Abraão comprou a cova de Macpela para fazer a tumba de Sara. Eles trouxeram um cacho de uvas tão pesado que foi preciso dois homens para carregá-lo. Para nós, a terra prometida é o céu. Como aquele povo, ainda estamos no deserto, símbolo deste mundo. Ainda não vimos a herança que Deus nos dará. Mas existe Um que sabe e pode falar dela para nós: este é o Espírito Santo, que nos mantêm ocupados com as coisas celestiais. Assim como as uvas de Escol davam prova positiva da riqueza da terra, o Espírito nos antecipa as alegrias do céu. Ele nos faz saber as coisas de Deus (1 Coríntios 2:12). Ele recebe e nos mostra o que vem de Cristo (João 16:14). Embora estejamos em um mundo que moralmente é um deserto para nossa alma, podemos já estar ocupados com Aquele que não vemos, mas amamos (1 Pedro 1:8).

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Números 13

1  E FALOU o Senhor a Moisés, dizendo:

2  Envia homens que espiem a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel; de cada tribo de seus pais enviareis um homem, sendo cada um príncipe entre eles.

3  E enviou-os Moisés do deserto de Parã, segundo a ordem do Senhor; todos aqueles homens eram cabeças dos filhos de Israel.

4  E estes são os seus nomes: Da tribo de Rúben, Samua, filho de Zacur;

5  Da tribo de Simeão, Safate, filho de Hori;

6  Da tribo de Judá, Calebe, filho de Jefoné;

7  Da tribo de Issacar, Jigeal, filho de José;

8  Da tribo de Efraim, Oséias, filho de Num;

9  Da tribo de Benjamim, Palti, filho de Rafu;

10  Da tribo de Zebulom, Gadiel, filho de Sodi;

11  Da tribo de José, pela tribo de Manassés, Gadi filho de Susi;

12  Da tribo de Dã, Amiel, filho de Gemali;

13  Da tribo de Aser, Setur, filho de Micael;

14  Da tribo de Naftali, Nabi, filho de Vofsi;

15  Da tribo de Gade, Geuel, filho de Maqui.

16  Estes são os nomes dos homens que Moisés enviou a espiar aquela terra; e a Oséias, filho de Num, Moisés chamou Josué.

17  Enviou-os, pois, Moisés a espiar a terra de Canaã; e disse-lhes: Subi por aqui para o lado do sul, e subi à montanha:

18  E vede que terra é, e o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco ou muito.

19  E como é a terra em que habita, se boa ou má; e quais são as cidades em que eles habitam; se em arraiais, ou em fortalezas.

20  Também como é a terra, se fértil ou estéril; se nela há árvores, ou não; e esforçai-vos, e tomai do fruto da terra. E eram aqueles dias os dias das primícias das uvas.

21  Assim subiram e espiaram a terra desde o deserto de Zim, até Reobe, à entrada de Hamate.

22  E subiram para o lado do sul, e vieram até Hebrom; e estavam ali Aimã, Sesai e Talmai, filhos de Enaque (Hebrom foi edificada sete anos antes de Zoã no Egito).

23  Depois foram até ao vale de Escol, e dali cortaram um ramo de vide com um cacho de uvas, o qual trouxeram dois homens, sobre uma vara; como também das romãs e dos figos.

24  Chamaram àquele lugar o vale de Escol, por causa do cacho que dali cortaram os filhos de Israel.

25  E eles voltaram de espiar a terra, ao fim de quarenta dias.

26  E caminharam, e vieram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação dos filhos de Israel no deserto de Parã, em Cades; e deram-lhes notícias, a eles, e a toda a congregação, e mostraram-lhes o fruto da terra.

« »