Números 7:89 e 8:1-14 (leia aqui) O versículo 89 nos conta o segredo de “Moisés, o homem de Deus” (Salmo 90). Era a oração. Contemple-o sob o peso de suas esmagadoras responsabilidades, acossado pelas murmurações do povo, entrando na escuridão e silêncio do santuário para conversar com Deus. Ele ouvia “a voz que lhe falava de cima do propiciatório”. E pense no Senhor Jesus que, quando adentrava a noite e a manhã estava longe de chegar, após a exaustão do dia anterior, ia sozinho para um local solitário a fim de orar (Marcos 1:35; 6:46). Por que existe uma referência ao candelabro no começo do capítulo 8, entre as ofertas práticas do capítulo 7 e a consagração dos levitas nos versículos seguintes? Não é para demonstrar que a luz prova e aprecia tanto as ofertas quanto o ofertante, não apenas o serviço mas também a pessoa que o executa? Deus sabe o valor de nossa devoção, sobre a qual esse rito de consagração fala. E notamos que os levitas eram apresentados a Arão como uma oferta movida, como se para permitir que a divina luz brilhe sobre cada um sucessivamente, de modo que ninguém fosse deixado na escuridão. Se houvesse a menor mancha nas vestes deles, ela seria imediatamente percebida. Quão importante é sempre estar diante de Deus para servi-Lo (1 Reis 17:1).

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Números 8

1  E FALOU o Senhor a Moisés, dizendo:

2  Fala a Arão, e dize-lhe: Quando acenderes as lâmpadas, as sete lâmpadas iluminarão o espaço em frente do candelabro.

3  E Arão fez assim: Acendeu as lâmpadas do candelabro para iluminar o espaço em frente, como o Senhor ordenara a Moisés.

4  E era esta a obra do candelabro, obra de ouro batido; desde o seu pé até às suas flores era ele de ouro batido; conforme ao modelo que o Senhor mostrara a Moisés, assim ele fez o candelabro.

5  E falou o Senhor a Moisés, dizendo:

6  Toma os levitas do meio dos filhos de Israel e purifica-os;

7  E assim lhes farás, para os purificar: Esparge sobre eles a água da expiação; e sobre toda a sua carne farão passar a navalha, e lavarão as suas vestes, e se purificarão.

8  Então tomarão um novilho, com a sua oferta de alimentos de flor de farinha amassada com azeite; e tomarás tu outro novilho, para expiação do pecado.

9  E farás chegar os levitas perante a tenda da congregação e ajuntarás toda a congregação dos filhos de Israel.

10  Farás, pois, chegar os levitas perante o Senhor; e os filhos de Israel porão as suas mãos sobre os levitas.

11  E Arão oferecerá os levitas por oferta movida, perante o Senhor, pelos filhos de Israel; e serão para servirem no ministério do Senhor.

12  E os levitas colocarão as suas mãos sobre a cabeça dos novilhos; então sacrifica tu, um para expiação do pecado, e o outro para holocausto ao Senhor, para fazer expiação sobre os levitas.

13  E porás os levitas perante Arão, e perante os seus filhos, e os oferecerá por oferta movida ao Senhor.

14  E separarás os levitas do meio dos filhos de Israel, para que os levitas sejam meus.

15  E depois os levitas entrarão para fazerem o serviço da tenda da congregação; e tu os purificarás, e por oferta movida os oferecerás.

16  Porquanto eles, dentre os filhos de Israel, me são dados; em lugar de todo aquele que abre a madre, do primogênito de cada um dos filhos de Israel, para mim os tenho tomado.

17  Porque meu é todo o primogênito entre os filhos de Israel, entre os homens e entre os animais; no dia em que, na terra do Egito, feri a todo o primogênito, os santifiquei para mim.

18  E tomei os levitas em lugar de todo o primogênito entre os filhos de Israel.

19  E os levitas, dados a Arão e a seus filhos, dentre os filhos de Israel, tenho dado para ministrarem o ministério dos filhos de Israel na tenda da congregação e para fazer expiação pelos filhos de Israel, para que não haja praga entre eles, chegando-se os filhos de Israel ao santuário.

20  E assim fizeram Moisés e Arão, e toda a congregação dos filhos de Israel, com os levitas; conforme a tudo o que o Senhor ordenara a Moisés acerca dos levitas, assim os filhos de Israel lhes fizeram.

21  E os levitas se purificaram, e lavaram as suas vestes, e Arão os ofereceu por oferta movida perante o Senhor, e Arão fez expiação por eles, para purificá-los.

22  E depois vieram os levitas, para exercerem o seu ministério na tenda da congregação, perante Arão e perante os seus filhos; como o Senhor ordenara a Moisés acerca dos levitas, assim lhes fizeram.

23  E falou o Senhor a Moisés, dizendo:

24  Este é o ofício dos levitas: Da idade de vinte e cinco anos para cima entrarão, para fazerem o serviço no ministério da tenda da congregação;

25  Mas desde a idade de cinqüenta anos sairão do serviço deste ministério, e nunca mais servirão;

26  Porém com os seus irmãos servirão na tenda da congregação, para terem cuidado da guarda; mas o ministério não exercerão; assim farás com os levitas quanto aos seus deveres.

« »