Todo Dia Com as Escrituras Levítico 26:1-13 (leia aqui) Há dois princípios divinos que sempre andam juntos: um é a soberana graça — admiramos sua atividade no capítulo 25. O outro é o governo, assunto deste capítulo. Enquanto Deus, de um lado, dá sem impor condições; por outro, Ele cuida de que cada um colha o que semeou. O Senhor se esforça para advertir Seu povo das conseqüências, boas ou más, da conduta boa ou má deles. E como Ele sempre tem em vista o bem, Ele começa a descrição das bênçãos que Israel terá se andar em obediência, não pelas ameaças, mas pelas promessas encorajadoras. Sem dúvida, essas são bênçãos terrenas em contraste com as dos cristãos, que são abençoados “com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo” (Efésios 1:3). Mas uma das promessas do Senhor, de valor incomparável, é compartilhada tanto por Seu povo terreno quanto pelo povo celestial: é a que está no versículo 12, que Paulo citou aos coríntios: “Andarei entre vós e serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo”. Isso transmite a mesma responsabilidade que Israel tinha para os cristãos: separar-se completamente de toda idolatria (2 Coríntios 6:16).

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Levítico 26

1  NÃO fareis para vós ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura, nem estátua, nem poreis pedra figurada na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o Senhor vosso Deus.

2  Guardareis os meus sábados, e reverenciareis o meu santuário. Eu sou o Senhor.

3  Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos, e os cumprirdes,

4  Então eu vos darei as chuvas a seu tempo; e a terra dará a sua colheita, e a árvore do campo dará o seu fruto;

5  E a debulha se vos chegará à vindima, e a vindima se chegará à sementeira; e comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra.

6  Também darei paz na terra, e dormireis seguros, e não haverá quem vos espante; e farei cessar os animais nocivos da terra, e pela vossa terra não passará espada.

7  E perseguireis os vossos inimigos, e cairão à espada diante de vós.

8  Cinco de vós perseguirão a um cento deles, e cem de vós perseguirão a dez mil; e os vossos inimigos cairão à espada diante de vós.

9  E para vós olharei, e vos farei frutificar, e vos multiplicarei, e confirmarei a minha aliança convosco.

10  E comereis da colheita velha, há muito tempo guardada, e tirareis fora a velha por causa da nova.

11  E porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma de vós não se enfadará.

12  E andarei no meio de vós, e eu vos serei por Deus, e vós me sereis por povo.

13  Eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os timões do vosso jugo, e vos fiz andar eretos.

« »
%d blogueiros gostam disto: