Todo Dia Com as Escrituras

 

Êxodo 36:1-13 (leia aqui)
Em uma curta parábola no evangelho de Marcos, o Senhor se apresenta como o homem que saiu de viagem depois de distribuir o trabalho entre os Seus servos. Ele deixa “a cada um a sua obrigação” (Marcos 13:34). Com exceção à tarefa do porteiro, a natureza deste trabalho não é especificada. Contudo, o Mestre havia preparado uma tarefa para cada um dos Seus, levando em consideração a idade e a capacidade deles. Em outra parábola, a dos talentos, vemos como o Mestre, no Seu retorno, requer prestação de contas de Seus servos. Alguns deles receberam recompensas, outros foram envergonhados (Mateus 25:14-30). E nós, faremos o que o Senhor espera de cada um de nós?

A nossa leitura de hoje ensina que várias ofertas chegaram muito tarde. O momento de executar uma obra, de dar uma contribuição, havia passado. Muitos provavelmente tinham trabalhado muito. Sim, mas não imediatamente. E o que não fazemos imediatamente, muitas vezes não mais será necessário no momento em que decidirmos fazê-lo: será tarde, a oportunidade estará perdida. Uma importante lição para nós!

“E o tabernáculo passou a ser um todo”, conclui o versículo 13. “Há somente um corpo”, declara Efésios 4:4. Apesar de o cristianismo ter sido fragmentado em muitas denominações, é assim que Deus vê a Sua Igreja: “Somente um corpo”.