Todo Dia Com as Escrituras

Êxodo 33:1-11 (leia aqui)

Moisés, agitado pela ira, destruiu o bezerro de ouro e ordenou o castigo. Ele então informou ao povo que Deus não subiria com eles. Moisés então faz algo completamente inesperado: arma para si uma tenda fora do arraial, bem longe do povo. Será que deixou de amar aquele povo? Ao contrário, ele havia dado a maior e mais tocante prova de seu amor ao pedir que ele próprio fosse, em lugar do povo, riscado do livro do Senhor. Não: sua motivação é bem diferente. Por causa do pecado cometido, a coluna de nuvem não podia mais descer no acampamento. Assim, com o objetivo de recuperar essa preciosa coluna, uma figura de Cristo, é que Moisés e outros saíram do arraial de Israel.

Fazendo referência a esta passagem, Hebreus 13:13 nos ajuda a entender o apelo: “Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério”. Queridos amigos, é de suma importância que vocês entendam que, em obediência a essa determinação, é que muitos crentes têm separado a si mesmos das religiões convencionais e das igrejas cristãs constituídas, para buscar só e simplesmente a presença do Senhor Jesus(Mateus 18:20). Veja Josué! Embora jovem, ele compreende que a felicidade consistia em nunca estar longe da presença de Deus. Isso é uma figura de incessante comunhão e também do gozo que nos espera no lugar onde o Senhor prometeu Sua presença!