Estando o povo na expectativa, e discorrendo todos no seu íntimo a respeito de João, se não seria ele, porventura, o próprio Cristo,

Lucas 3:15-38

João exortou o povo e lhe anunciou a Boa Nova (v. 18). Como um fiel mensageiro, ele falou de Cristo e de Seu poder; mas depois de cumprida essa sua tarefa, se aparta.

Que belo exemplo para nós, os que desejamos servir ao Senhor! Não está ao nosso alcance o converter alguém; mas nossa vida e nossas palavras devem preparar aqueles que nos conhecem para receber o Senhor Jesus. Não é suficiente exortar as pessoas ao arrependimento; temos que lhes apresentar o Salvador.

Temos então a aparição do Senhor Jesus. Em graça Ele compartilha com os de seu povo que deram os primeiros passos no bom caminho. Ele é batizado, (Lucas é o único que menciona isso) e, em resposta divina, o Espírito Santo desce sobre Ele. Simultaneamente, a voz do Pai é-Lhe dirigida pessoalmente (em Mateus 3:17 a voz é para os que assistiam): “Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo”. Que nós também possamos encontrar o nosso deleite n’Ele!

A genealogia do Senhor através de Maria retorna a Adão, então a Deus, mostrando que Ele é Filho do homem e ao mesmo tempo Filho de Deus. Já a genealogia citada em Mateus 1:1-17 tem um foco distinto: é estabelecida em Seu título de Filho de Davi e de Abraão, e por isso herdeiro das promessas divinas para Israel.

Extraído do “