Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça (Romanos 5:17

Unidos a Cristo (1)

Enquanto estivermos unidos com Cristo veremos Sua obra em nós.

Quais foram as conseqüências da queda do primeiro homem (Gênesis 3)? “Por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte” (Romanos 5:12). O pecado separa os homens uns dos outros e de Deus. A morte é a separação entre alma e corpo físico; para os que não se salvarem, a segunda morte será a separação eterna de Deus (Apocalipse 20:14). A relação que existia com Ele antes da queda foi interrompida pelo pecado. Porém, pela obra de Seu Filho, Deus nos dá muito mais em troca: Ele não nos restabelece ao patamar anterior, mas nos une a Cristo, o que é incomparavelmente melhor.

Graças a nossa união com Cristo, Ele permanece em nós e nós nEle. Isso era um mistério antes da vinda de Cristo (Colossenses 1:26-27), algo oculto, mas agora, no tempo da graça, revelado pelo Espírito Santo.

Nós estamos “em Cristo” diante de Deus. Cristo está “em nós” neste mundo. Compreender essas verdades pela fé transforma a vida de qualquer pessoa (Gálatas 2:20).

Romanos 6 nos explica a essência dessa obra divina em nós: “plantados”, isto é, feitos uma mesma planta com Ele (v. 5). Isso implica nossa morte com Cristo (vv. 6-7) e nossa ressurreição com Ele (v. 8; Efésios 2:5-6).

(continua)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: