Para que em tudo [Cristo] tenha a preeminência (Colossenses 1:18).

Unidos a Cristo (3)

A epístola aos Colossenses mostra as conseqüências práticas de nossa morte e ressurreição com Cristo: “Se, pois, estais mortos com Cristo… por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo… segundo os preceitos e doutrinas dos homens?” (2:20-22). Estabelecer regras, leis e ordenanças para legalismo.

Porém, “se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (3:1-3). Fomos ressuscitados pela graça de Deus. Temos, portanto, que buscar as coisas celestiais, pensar nelas, cultivar a vida que recebemos de Cristo.

Isso implica que devemos fazer morrer a natureza pecaminosa em nós (Colossenses 3:5), ou seja, não alimentar os desejos carnais; também temos de abandonar as manifestações “da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes” (Colossenses 3:8). Para isso necessitamos do poder do Espírito de Deus.

Ao mesmo tempo em que deixamos essas coisas, temos de nos revestir “como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade” (Colossenses 3:12-15), em outras palavras, de tudo o que a nova vida produz. Para tanto, temos um poderoso recurso: “A palavra de Cristo habite em vós abundantemente” (Colossenses 3:16).

“Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (Colossenses 3:3).

(concluído

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: