Vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias… recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós (Atos 1:5,8).

A vinda do Espírito Santo

Quando o Senhor Jesus disse que o Espírito Santo iria vir à terra, Ele se referiu tanto ao batismo coletivo com o Espírito Santo quanto ao fato de que os discípulos O receberiam individualmente. Esse fato aconteceu no dia de Pentecostes relatado em Atos 2.

Primeiramente o Espírito Santo encheu a casa onde os discípulos estavam reunidos; depois veio sobre cada um deles sob a forma figurada de labaredas de fogo.

O lado coletivo. Nesse dia de Pentecostes houve o batismo dos crentes com o Espírito Santo. Todos os redimidos foram unidos por meio dEle. Desde então, juntos constituem o Corpo de Cristo. Pentecostes foi o momento do nascimento da Igreja, o conjunto e a unidade de todos os que crêem no Senhor Jesus. “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo” (1 Coríntios 12:13). Além disso, a Igreja é o lugar onde Deus habita mediante Seu Espírito: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (3:16).

O lado pessoal. Desde Pentecostes, o Espírito Santo sela toda pessoa que crê no Evangelho da salvação, passando a habitar nela. Com Ele está o poder da nova vida que recebemos no momento de nossa conversão. O Espírito age em cada crente para que este faça a vontade de Deus. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1 Coríntios 6:19). “Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne” (Gálatas 5:16).

Extraído do devocional “