Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto.

Apocalipse 3:1-13

Séculos se passaram. Do meio de Tiatira, Deus suscita a Reforma, um poderoso movimento impulsionado pelo Espírito Santo. Em seguida observamos uma nova decadência. A morte espiritual se apoderou da igreja em Sardes. A Igreja recebe a ordem de se lembrar e se arrepender (V. 3, compare com 2:5 e 16; 3:19). Quem é o vencedor aqui? É aquele que não contaminou as suas vestiduras. Conhecemos esse tipo de vitória, isto é, permanecemos puros? O vencedor de Sardes será “vestido de vestiduras brancas”. Ao contrário da falsa pretensão da igreja de ter o “nome de que vives”, seu nome nunca será apagado do livro da vida.

Filadélfia (cujo nome significa amor fraternal) é a filha do “despertamento espiritual” ocorrido no século dezenove. As características principais dessa igreja são: (1) pouca força , todavia o Senhor mantém aberta para ela a porta do evangelho; (2)fidelidade à Palavra de Deus, que manterá Sua promessa: “Venho sem demora”; (3) amor pelo Seu nome, por isso a sua porção será seu novo nome. A resposta de Cristo ao escárnio do mundo para com Sua Igreja será aprová-la publicamente: “Farei… conhecer que eu te amei”.

Temos a responsabilidade de herdeiros do testemunho de Filadélfia. Que o Senhor nos ajude a manifestar as características dessa igreja e não perder nossa coroa! O Seu regozijo em dar-nos essa recompensa será maior que o do vencedor ao recebê-la.

Extraído do “