“Alegro-me nas tuas promessas, como quem acha grandes despojos.” (Salmo 119.162)

A alegria no Senhor não depende dos nossos sentimentos, pois nada é tão inconstante e volúvel como nossas emoções. O sentimento é a expressão da alegria ou tristeza da alma. Esta alegria imperfeita e instável deve se tornar perfeita e estável pela imutável alegria no Senhor. Tudo muda, mas Ele não muda nunca. Do Senhor está escrito: “Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre.” Se não recusamos a espada da Palavra de Deus, então também não rejeitamos a Jesus Cristo. Se permanecermos nEle, e nossa alegria será completa. Sua alma se elevará ao Senhor, e Sua alegria, Sua imutável e eterna alegria será tão forte em você que você poderá soltar gritos de júbilo: “A alegria do Senhor é a minha força.” Aquele que tem essa alegria do Senhor é independente dos sentimentos de uma maneira muito soberana, quer sejam alegres ou tristes as emoções do momento. Enquanto a alegria do Senhor nascer unicamente da nossa angústia interior, ela é totalmente independente das ameaças exteriores.

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: