E A FOME era gravíssima na terra.

Gênesis 43:1-15 (leia aqui)

Os irmãos de José estão  amedrontados. Isto é sinal de suas consciências culpadas. Eles têm de retornar a José e explicar o dinheiro encontrado em seus sacos de mantimento. Não fiquemos longe do Senhor quando tivermos um peso em nossa consciência. Vamos direto a Ele e confessemos a Ele tudo. O versículo 8 dá a cada pecador a rota a seguir: levantar, ir e viver (compare Lucas 15:18).

Os homens convenceram seu pai a deixar Benjamim ir com eles, e finalmente partiram levando consigo presentes: o mais precioso da terra (v. 11). Mas o poderoso José, cujos depósitos estão cheios, tem necessidade de alguma coisa? O homem sempre teve pretensões de levar algo a Deus. Mas da parte de Deus tudo é gratuito. Ele não pode aceitar nada, até mesmo o melhor que o homem é capaz de fazer. Mel, especiarias, terebinto e amêndoas, produtos que são luxo, e não algo bom para alimentar aqueles que não têm trigo. O nosso coração precisa é de trigo celestial, alimento do Alto, o qual pode satisfazer a fome da nossa alma. O mundo nos oferecerá iguarias, mas o Senhor Jesus, o verdadeiro José, é o Único que pode nos dar trigo dos lugares celestiais ao Se apresentar ao nosso coração.

“Filhinhos, já é a última hora.” (1 João 2.18)

É muito preocupante que nós como Igreja de Jesus não notemos claramente em que época difícil estamos vivendo, ou seja, que nos encontramos na última hora! Por que não nos comportamos mais de acordo com essa realidade? Resposta: porque as tentações do engano e as tentativas de nos fazer adormecer são mais fortes por parte do inimigo nessa última hora. Dentro desse contexto, a Palavra do Senhor Jesus é colocada energicamente diante dos nossos olhos: “O que, porém, vos digo, digo a todos: Vigiai!” Irmãos, de fato é a última hora! Com isso está diante da porta o tempo do qual diz a Palavra profética: “…haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo.” O homem “sobre-humano”, Satanás encarnado, abre seu caminho com esforço tão violento que quase pode-se senti-lo fisicamente. A hora da tentação que vem sobre esta terra antes do começo da Grande Tribulação já começou. Por isso, peço a todos os que lêem estas linhas, que fervorosa e decididamente digam não a qualquer compromisso com o espírito do mundo. O Senhor quer conduzir a cada um de nós incontaminados através desta tentação, pois vamos ao encontro do mais glorioso, que é Jesus! Nós haveremos de vê-lO assim como Ele é. “E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro.”

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)

“Porque em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão, tem valor algum, mas a fé que atua pelo amor.” (Gálatas 5.6)

Em um primeiro momento, devemos reconhecer que a provação da nossa fé é de vital importância, porque o próprio Deus prova nosso coração. Davi diz no fim da sua vida: “Bem sei, meu Deus, que tu provas os corações, e que da sinceridade te agradas.” E no que diz respeito ao futuro, a grande prova ainda está por vir, quando deveremos comparecer diante da Sua face. Se você hoje examina sua fé de verdade, e com sinceridade e espanto você nota que lhe falta tudo, que lhe falta poder, vitória, alegria, frutos espirituais, e você têm de concluir que sua fé não tem resultados, que ela não é uma fé ativa, então permita-me agora dizer com base na Palavra de Deus que a verdadeira essência da sua fé nem existe. Que essência? O amor! “Todos os vossos atos sejam feitos com amor.” Só uma fé assim tem valor diante de Deus. Quando Paulo fez a advertência de que todo o nosso agir deve ser impulsionado pelo amor, ele sabia que uma fé grande só pode ser uma fé ativa e frutífera quando o nosso primeiro amor a Jesus nos leva a fazer as coisas. Sua fé é ativa por meio do amor a Jesus Cristo, ou você tem uma fé morta?

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)

“Sede vigilantes, permanecei firmes na fé, portai-vos varonilmente, fortalecei-vos. Todos os vossos atos sejam feitos com amor.” (1 Coríntios 16.13-14

O que é um automóvel sem motor? O que é um corpo sem espírito? O que é uma pessoa renascida sem fé vitoriosa? É importante nos questionarmos, pois em nossos dias não somente presenciamos um aumento de todos os valores no sentido material; mas também o aumento da fé é um fato. A fé não é mais vitoriosa! Mas as Escrituras enfatizam a indivisibilidade desses dois fatos: “…e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” Não diz: “nossa fé produz a vitória”, mas “nossa fé é a vitória”. Devemos confessar que acontece um grande engano onde a fé é separada da vitória. E esse é o motivo por que Paulo adverte: “Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos.” Em outras palavras: onde está o motor da sua fé? Nada acontece; falta a vitória, falta o poder, falta a alegria. Por que tudo está tão parado? Meus amigos, essa questão é de vital importância! Esse também é o motivo pelo qual Paulo clama: “Sede vigilantes, permanecei firmes na fé, portai-vos varonilmente, fortalecei-vos.”

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)