Então contou o copeiro-mor o seu sonho a José, e disse-lhe: Eis que em meu sonho havia uma vide diante da minha face.

Gênesis 40:9-23 (leia aqui)

Nestes dois servos do rei do Egito, o copeiro-mor e padeiro-mor, temos um amostra de toda a humanidade. “Porque não há diferença, porque todos pecaram”, declara a Escritura (Romanos 3:22-23). Todos pecaram contra Deus, todos merecem Sua ira e Seu juízo. Mas agora vem a diferença. Alguns acolheram pela fé as boas novas de salvação oferecidas pela graça de Deus. Aos outros resta a terrível antecipação da segunda morte. No mundo não existe outra condição a não ser essas duas: estar salvo ou perdido. A qual grupo você pertence?

Ao contrário do padeiro-mor que não pôde mais escapar do juízo do rei, hoje ainda é possível, quando alguém aceita o evangelho da graça, ser transferido da condição de pecador perdido para a de redimido de Cristo.

Os dois malfeitores na cruz ilustram ainda melhor essas duas classes nas quais a humanidade está dividida. Um deles permanece insensível e morre em seus pecados. Mas o outro, em resposta à sua oração: “Jesus, lembra-te de mim”, recebe esta maravilhosa resposta de Jesus: “Hoje estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23:42-43). Como José é aqui o mensageiro da graça irrestrita, assim é Jesus, que foi o primeiro a pregar a salvação e as boas novas da paz (Efésios 2:17).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: