Porque convinha que aquele, por cuja causa e por quem todas as coisas existem, conduzindo muitos filhos à glória, aperfeiçoasse, por meio de sofrimentos, o Autor da salvação deles.

Hebreus 2:10-18

Convinha a Deus aperfeiçoar “por meio de sofrimentos, o Autor da salvação”. “Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar”, registra Isaías 53:10. E com que propósito? Para trazer muitos filhos à glória. “Quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade”, acrescenta o profeta. Estes filhos que Deus deu a Cristo a fim de que sejam Seus companheiros na glória são os amados redimidos. “Por isso, é que ele não se envergonha de lhes chamar irmãos” (v. 11). Mas para que pudesse tratar das causas destes, Ele mesmo teve de se tornar semelhante a eles, assumindo a forma de Homem (v. 14). O capítulo 2 nos dá algumas razões inestimáveis para esse grande mistério:

(1) O Senhor Jesus entrou em nossa natureza para glorificar a Deus e permitir-lhe cumprir todos os Seus propósitos em relação à humanidade.

(2)Ele se encarnou para que pudesse morrer e assim triunfar sobre o príncipe da morte na própria fortaleza do inimigo.

(3) Jesus revestiu-se da nossa humanidade a fim de penetrar nas aflições e compreendê-las do ponto de vista do coração humano. Sua própria experiência do sofrimento permite-lhe simpatizar totalmente com nossas provações como fiel e misericordioso Sumo Sacerdote que é. Que grande consolo para os aflitos!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: