E aconteceu que ao cabo de quarenta dias, abriu Noé a janela da arca que tinha feito.

Gênesis 8:6-22 (leia aqui)

Sem nenhum meio de propulsão e sem um leme de direção, a arca, guiada pela mão segura de Deus, ancora sobre as montanhas de Ararate. Poderíamos pensar que o momento para sair havia chegado. Mas Noé espera, e se passam muitos dias. Noé entrou na arca atendendo à ordem de Deus e somente quer sair dela mediante Sua ordem. A pomba que não achou lugar onde pousar e que retorna para a arca é uma figura do Espírito de Deus, que não tem nenhum lugar em um mundo condenado. Mas, quando o Senhor Jesus veio, o Espírito finalmente pôde descer na forma de uma pomba pura sobre aquele bendito Homem (Mateus 3:16). E o mesmo se aplica hoje a cada crente que possui o Espírito Santo: ele não encontra neste mundo alimento espiritual ou qualquer coisa que satisfaça seu coração. Com o homem natural ocorre justamente o contrário: ele está à vontade aqui, justamente o que vemos na figura do corvo, uma ave imunda segundo Levítico 11:15, que se alimenta de carne deteriorada.

Finalmente Noé sai da arca mediante ordem do Senhor. O que faz primeiro? Oferece um holocausto. Deus tem a prerrogativa sobre esta terra purificada de sua impureza, e um cheiro agradável sobe até Ele.

Não temos também nós sido alvos de freqüentes livramentos, grandes ou pequenos, em nossa vida? Nunca esqueçamos de agradecer! – e antes de tudo por “tão grande salvação” (Hebreus 2:3).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: