DEPOIS disse o Senhor a Noé: Entra tu e toda a tua casa na arca, porque tenho visto que és justo diante de mim nesta geração.

Gênesis 7:1-16 (leia aqui)

Noé não somente tinha obedecido a Deus construindo a arca, mas ao fazê-lo segundo cada detalhe que Deus havia ordenado (6:22). Agora ele obedece entrando na arca no momento em que a ordem é dada (v. 5). A nossa segurança está na obediência a Deus. Noé, um homem de fé, pôde experimentar, de forma literal, o Salmo 32:6.

O versículo 16 nos faz lembrar de outra porta, a porta da graça, que continua aberta hoje. Mas por quanto tempo ainda? “E fechou-se a porta”, menciona solenemente Mateus 25:10. Leitor, de qual lado da porta você estará? Dentro, com Jesus e os Seus? Ou do lado de fora, com aqueles que em vão baterão à porta e aos quais o Senhor terá de responder: “Não sei donde vós sois” (Lucas 13:27)? Notemos que é o próprio Deus quem fecha a porta após Noé, sua família e todos os animais. Mesmos que quisesse, Noé não poderia mais abri-la para quem quer que fosse. Agora que Deus havia provido um meio de salvação, abrigou os Seus e fechou a porta da arca, Ele pôde abrir as comportas do céu.

Do ponto de vista profético, Noé e sua família representam o remanescente de Israel, o qual, depois do arrebatamento da Igreja (representada em Enoque), atravessará a salvo a grande tribulação e será introduzido no novo mundo do reino milenar.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: