Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo, graça e paz a vós outros.

1 Tessalonicenses 1:1-10

Atos 17 nos relata a curta visita de Paulo e Silas (ou Silvano, v. 1) a Tessalônica, onde ele havia proclamado e vivido o Evangelho (v. 5). E os tessalonicenses, tendo-o recebido (v. 6), por sua vez o praticavam. Sua obra era uma prova de  (comparar Tiago 2:18); seu trabalho confirmava seu amor; sua paciência proclamava qual era a grande esperança que por si só podia sustentá-los (v. 3). O resultado foi que todo o mundo sabia que existiam cristãos em Tessalônica (v. 7). Em minha vizinhança ou em meu lugar de trabalho todos sabem que sou crente? A conversão é o sinal público do novo nascimento, é a mudança de direção visível que corresponde à vida divina recebida na alma. Quando uma pessoa dá meia-volta, não tem mais os mesmos objetos diante de si (Gálatas 4:8-9). Daí em diante, os tessalonicenses deram as costas aos falsos e inanimados ídolos, para contemplar e servir a um Deus vivo, o Deus verdadeiro.

Os ídolos de madeira ou pedra do mundo pagão cederam lugar aos ídolos mais refinados do mundo cristianizado. Mas continua sendo verdadeiro que ninguém pode servir a dois senhores (Lucas 16:13). A quem servimos: a Deus ou às nossas cobiças? A quem estamos esperando: ao Filho de Deus ou à ira vindoura?

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: