ENTÃO Davi reuniu em Jerusalém todos os príncipes de Israel, os príncipes das tribos, e os capitães das turmas, que serviam o rei, e os capitães dos milhares, e os capitães das centenas, e os administradores de toda a fazenda e possessão do rei, e de seus filhos, como também os oficiais, os poderosos, e todo o homem valente.

1 Crônicas 28:1-10 (leia aqui)

Um pouco antes, no capítulo 22:17, Davi reuniu os príncipes do povo. Agora o rei agrega a esse grupo todos os que têm uma posição ou responsabilidade em Israel. Sem dúvida, todos os homens cujos nomes enchem os capítulos 23 a 27 estavam ali para ouvir o senhor deles. Ninguém queria perder essa grande reunião.

O Senhor também nos convida às reuniões nas quais Ele deseja instruir-nos. Não seremos culpados se por algum motivo banal faltarmos a elas (Hebreus 10:25)?

O rei comunica seus pensamentos mais íntimos e preciosos àqueles homens congregados em torno de si. Ele os conclama a buscar e guardar todos os mandamentos do Senhor. Davi conversa com eles sobre a gloriosa casa que seria edificada. E em particular lhes fala sobre seu filho, por quem todo o projeto seria realizado. Esses assuntos correspondem às coisas que o Espírito Santo expõe nas reuniões de ministração.

Depois Davi se volta e fala a Salomão. Preste muita atenção às palavras desse pai a seu filho. Elas se aplicam também a nós: “Tu, meu filho Salomão, conhece o Deus de teu pai e serve-o de coração íntegro e alma voluntária… Se o buscares, ele deixará achar-se por ti” (v. 9).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: