ENTÃO todo o Israel se ajuntou a Davi em Hebrom, dizendo: Eis que somos teus ossos e tua carne.

1 Crônicas 11:1-14 (leia aqui)

Os longos anos de sofrimentos e exílio terminaram para Davi. Seus direitos ao trono são reconhecidos por todo Israel. Ele toma posse da fortaleza de Sião, tão exaltada nos salmos (por exemplo, no Salmo 87:1-3) e que nos fala sobre a graça real. Mas ele não habitaria lá sozinho. Os homens de fé que haviam andado nos desertos e montanhas, vivendo nos antros e cavernas (mas dos quais o mundo não era digno), agora morariam com ele para sempre nessa cidade (Neemias 3:16; Hebreus 11:16, 38). Queridos filhos de Deus, conseguimos vislumbrar no horizonte a maravilhosa cidade de ouro para a qual Jesus nos está conduzindo? Que essa esperança nos fortaleça em nossa caminhada cristã e nas batalhas da fé!

O valente Eleazar lutou contra os filisteus para preservar um campo de cevada. Ele nos lembra aqueles servos do Senhor que têm de batalhar a fim de prover comida espiritual para o povo de Deus. Alguns tiveram de se envolver em sérias controvérsias com os inimigos da verdade. Devemos ser gratos a eles e estar dispostos a defender a sã doutrina que esses heróis preservaram (Judas 3).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: