E foram porteiros: Salum, Acube, Talmom, Aimã, e seus irmãos, cujo chefe era Salum.

1 Crônicas 9:17-34 (leia aqui)

Outros levitas são mencionados no capítulo 9: os porteiros. A função deles era muito importante. Pode ser resumida em um breve comando do qual o Senhor nos lembra em uma parábola: “Ao porteiro [o mestre] ordena que vigie” (Marcos 13:34).

Vigiar os vasos e utensílios, os sacrifícios, as comidas, o acesso à Casa! No Novo Testamento, esse serviço correspondia ao serviço dos supervisores, pastores ou anciãos. Eles eram os que, em especial tinham – e ainda têm – de cuidar das almas e manter a sã doutrina nas congregações. É uma posição de honra e confiança, pela qual terão de prestar contas no retorno do Senhor!

Esses porteiros descendiam de Corá, o rebelde (Números 16). Mas preferiram estar à porta da casa do Senhor a “permanecer nas tendas da perversidade” como o pai deles fez. Lembremos do belo Salmo 84 composto pelos filhos de Corá: “Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos!… um dia nos teus átrios vale mais que mil” (vv. 1, 10). A quem o Senhor confia o cuidado de Sua Casa, de Sua Assembléia? Aos que estão unidos a Ele e O amam (João 21:15-17).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: