ADÃO, Sete, Enos

1 Crônicas 1:1-34 (leia aqui)

Agora que o homem falhou totalmente em sua responsabilidade, estamos prestes a ver o Deus da graça recapitulando tudo desde o início nesses dois livros das Crônicas. De certa maneira, a história da raça humana é recontada aqui, não mais com a ênfase no mal que o homem realizou (como nos livros de Samuel e Reis), mas na bondade concedida e realizada por Deus em resposta a todo esse mal. Portanto, vemos essa história repassada, voltando até a genealogia de Adão! Devemos notar que os significados dos dez primeiros nomes, quando colocados juntos, formam uma sentença que é uma espécie de resumo do evangelho. Adão: homem – Sete: tomou o lugar de – Enos: mortal, incurável – Cainã: que chora – Maalalel: Deus Se agradou – Jarede: descendente – Enoque: ungido, instruído – Metusalém: sua morte
traz – Lameque: (ao) transgressor – Noé: consolo, (e) descanso.

Em primeiro lugar, temos aqui uma conclusão de tudo o que aconteceu anteriormente: ou seja, a declaração da irremediável ruína da criatura. E, ao mesmo tempo, uma admirável introdução ao desdobramento dos planos de Deus, que acompanharemos ao longo desses dois livros!

Anúncios