E no ano quinto de Jorão, filho de Acabe, rei de Israel, reinando ainda Jeosafá em Judá, começou a reinar Jeorão, filho de Jeosafá, rei de Judá.

2 Reis 8:16-29 (leia aqui)

No começo do capítulo 8, reaparecem certas personagens: a mulher sunamita a quem o Senhor guardou durante o período de fome; depois Geazi, que parece ter prosperado apesar da lepra. De fato, nós o encontramos na corte real onde Deus o usa para obter justiça para a sunamita. Eliseu visita Damasco e seu encontro com Hazael é relatado. O último assassina Ben-Hadade e apodera-se do trono da Síria. Ben-Hadade, testemunha da cura de Naamã, morre uma morte miserável.

Por fim, nos versículos 16 a 29, vemos em paralelo a história dos reis de Judá e Israel. Jeorão, filho de Josafá, passou longe de seguir o bom exemplo de seu pai. E a razão para isso é dada: “a filha deste [Acabe] era sua mulher” (v. 18). Note mais uma vez como é grande a influência de uma mulher ou marido sobre o cônjuge. Jeorão, rei de Judá, era irmão de Jorão, rei de Israel, que já conhecemos bem. E, por sua vez, o filho dele, Acazias, se tornou “genro da casa de Acabe” (v. 27). Eram excelentes alianças sob o ponto de vista mundano, mas aos olhos do Senhor só havia infidelidade. Veremos mais tarde as trágicas conseqüências dessas uniões

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: