E Nadabe, filho de Jeroboão, começou a reinar sobre Israel no ano segundo de Asa, rei de Judá; e reinou sobre Israel dois anos.

1 Reis 15:25-34 e 16:1-7 (leia aqui)

Enquanto Asa está reinando em Judá, nossa leitura de hoje nos leva quarenta anos de volta no tempo para considerar o reino de Israel. Em contraste com este último rei, Nadabe, o filho de Jeroboão, andou durante seu curto reinado “nos caminhos de seu pai e no pecado com que seu pai fizera pecar a Israel” (v. 26). Esse pecado consistia na falsa religião instituída por Jeroboão para impedir o povo de adorar no lugar escolhido pelo Senhor (Deuteronômio 12:5-6). Na cristandade existe, assim como em Israel, um grande número de pessoas que, embora pertençam ao povo de Deus, têm sido desviadas do único centro: o Senhor Jesus. Elas aprenderam várias formas religiosas que não estão em concordância com a Palavra de Deus.

Nadabe, com toda a família de Jeroboão, sofre o terrível destino prenunciado por Aias. Baasa, porém, que cumpre a sentença e sucede Nadabe, também continuou no caminho do pecado de Jeroboão. O mesmo caminho conduz ao mesmo destino! O Senhor falou pela boca do profeta Jeú, que corajosamente se apresenta diante do ímpio rei com uma mensagem séria. Nós mesmos não fomos levantados do pó e constituídos príncipes e princesas (v. 2; 1 Samuel 2:8)? Por essa razão, temos de examinar cuidadosamente o caminho que estamos trilhando e discernir para onde ele conduz (Provérbios 16:25).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: