Então desceu Zadoque, o sacerdote, e Natã, o profeta, e Benaia, filho de Joiada, e os quereteus, e os peleteus, e fizeram montar a Salomão na mula do rei Davi, e o levaram a Giom.

1 Reis 1:38-53 (leia aqui)

De acordo com as instruções de Davi, uma cerimônia inteiramente diferente está prestes a acontecer. Cercado pelo povo fiel, o jovem Salomão sobe ao trono de seu pai. Que contraste com Adonias! O novo rei não age por conta própria: outros o fazem montar na mula real; ele é levado a Giom, onde é ungido por Zadoque em meio à alegria geral.

Contudo em Rogel, a festa acabou! Um incomum e persistente alvoroço toma conta da cidade. Joabe, experiente em assuntos militares, ouve o barulho e fica preocupado. Nesse momento Jônatas aparece trazendo as notícias. No que se refere ao mensageiro, as notícias são boas, pois Davi continua sendo seu senhor e rei. Mas que desespero para Adonias e seus convidados! Toda a conspiração desaba em um instante, e os conspiradores, confusos, se espalham. Aterrorizado, Adonias, o usurpador, se agarra às pontas do altar e implora o perdão do rei. Um perdão temporário lhe é concedido; embora o orgulho e a impiedade de seu coração permaneçam.

Que estupidez opor-se a Deus e a Seu Ungido! No entanto, é exatamente isso o que o Anticristo fará em breve, mas será destruído para dar lugar a Jesus Cristo e a Seu reino.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: