E, estando ela ainda falando com o rei, eis que entra o profeta Natã.

1 Reis 1:22-37 (leia aqui)

As celebrações em Rogel estavam a todo vapor. Os convidados se reuniram em torno de Adonias. O astucioso Joabe está lá, bem como Abiatar, que esquecera as graciosas palavras de Davi: “Fica comigo, não temas, porque quem procura a minha morte procura também a tua; estarás a salvo comigo” (1 Samuel 22:23). Os outros filhos do rei, por oportunismo ou fraqueza moral, bandearam para o lado do irmão mais velho. A única exceção foi Salomão, que não foi convidado – e por uma boa razão! Ele não era o rei escolhido por Deus para suceder Davi? O que faria naquela festa? No entanto, todo esse plano, tão habilidosamente arquitetado, fracassa devido a alguns poucos indivíduos fiéis alinhados com a vontade de Deus. Quando Davi é informado disso, age imediatamente: dá todas as ordens para que Salomão assuma o trono naquele mesmo dia.

Hoje, em cada área da vida, o homem tenta promover-se a fim de conseguir sua própria glória. No entanto, há um pensamento que jamais lhe passa pela cabeça: conhecer a vontade de Deus. A vontade divina é dar ao mundo o Rei que Ele designou: Jesus Cristo. Ainda hoje esse Rei é rejeitado e desprezado; não é convidado para as extravagantes festas mundanas. Tampouco os que o temem são convidados.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: