Então foi Davi, e tomou os ossos de Saul, e os ossos de Jônatas seu filho, dos moradores de JabesGileade, os quais os furtaram da rua de Bete-Sã, onde os filisteus os tinham pendurado, quando feriram a Saul em Gilboa.

2 Samuel 21:12-22 (leia aqui)

Novamente Davi honra a memória de Saul e seus descendentes. Ele se encarrega pessoalmente do funeral deles.

Então Deus nos conta outro episódio glorioso. Quatro formidáveis inimigos, filhos de gigantes, aparecem em cena. Eles são vencidos, um após outro, pelos homens de Davi. Ele mesmo deu o exemplo para seus soldados ao ser o primeiro a vencer o Golias original, o maior e mais poderoso de todos os seus adversários. Ele lhes mostrou o que a confiança em Deus pode fazer.

O grande conflito da cruz jamais será repetido. Satanás está derrotado. Mas, se somos discípulos de Cristo, também enfrentamos batalhas. Diferentemente de Davi neste episódio, nosso Senhor sempre está conosco e nunca se cansa. Ele nos dá a vitória, desde que estejamos lutando para a Sua glória e por Seu nome – sempre através da perseverante e simples oração da fé. E tais inimigos, cuja aparência é aterradora e monstruosa, fugirão diante do todo-poderoso nome de Jesus, no qual nos firmamos. Você já teve uma experiência com o invencível poder do nome de Jesus?

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: