E DISSERAM a Joabe: Eis que o rei anda chorando, e lastima-se por Absalão.

2 Samuel 19:1-15 (leia aqui)

Nem todos os que seguiam Davi o faziam por fé. Joabe é um exemplo disso. Para ele, apenas os seus próprios interesses eram importantes. Ele não tinha escrúpulos, não vacilava em cometer um crime se alguém atrapalhasse seus planos. As censuras que ele dirigiu a Davi eram ainda mais inapropriadas pelo fato de o próprio Joabe ser o responsável pelo assassinato de Absalão e, portanto, pela dor do rei. Contudo, tais censuras ajudaram o rei a se controlar e a pensar no interesse do povo, em vez de pensar em sua própria angústia.

As aflições de Davi produziram fruto; as provações o fizeram conhecer seu Deus mais de modo mais real e íntimo. Ele enfrentou tribulação, angústia, perseguição, perigos, espada. Mas todas essas coisas lhe deram oportunidade de compreender melhor os inesgotáveis recursos do amor divino (Romanos 8:35).

Quanto ao povo, vemos agora contendas (v. 9). Em Judá há uma deplorável falta de devoção. Mas Davi age com espírito de graça. E o coração do povo se volta para ele, assim como no futuro todos se submeterão ao Senhor Jesus quando, após a vitória final sobre Seus inimigos, Ele aparecer para reinar em glória.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: