E SUCEDEU depois disto que Davi feriu os filisteus, e os sujeitou; e Davi tomou a Metegue-Ama das mãos dos filisteus

2 Samuel 8:1-18 (leia aqui)

Fortalecido pelas promessas de Deus, o novo rei fundamenta seu trono por meio de vitórias que subjugam seus inimigos. O primeiro desses adversários são os filisteus. A Filístia inteira é finalmente dominada. O próximo a ser controlado é Moabe, em um cumprimento parcial da profecia de Balaão (Números 24:17). Hadadezer e os sírios que vieram socorrê-lo também foram vencidos. Por fim, Edom é escravizado, de acordo com uma profecia ainda mais antiga, quando Isaque abençoou Jacó (Gênesis 27:29 e 25:23). Davi aqui cumpre simbolicamente o que é dito sobre o Senhor Jesus, cujo glorioso reino será estabelecido quando todos os Seus inimigos estiverem sob Seus pés (Salmo 110).

A paz chegou ao reino, e a autoridade de Davi é reconhecida tanto dentro quanto fora do país. A organização do reino é estruturada (vv. 15-18). O rei é o centro, responsável pela execução da justiça e do juízo. Ao redor dele, havia outros cujas funções foram designadas pelo próprio rei. Os sacerdotes estavam lá para manter o relacionamento com Deus. Segurança, estabilidade, justiça e paz; gloriosas características que serão, em um grau incomparavelmente maior, as características do reino que virá.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: