DISSE, porém, Davi no seu coração: Ora, algum dia ainda perecerei pela mão de Saul; não há coisa melhor para mim do que escapar apressadamente para a terra dos filisteus, para que Saul perca a esperança de mim, e cesse de me buscar por todos os termos de Israel; e assim escaparei da sua mão.

1 Samuel 27:1-12 (leia aqui)

A primeira visita de Davi a Aquis resultou em completo constrangimento (21:10-15). No entanto, apesar disso, ele agora volta por temer Saul. Não podemos mais reconhecer o homem que, no capítulo anterior, penetrou sem medo no acampamento do adversário para pegar a lança da tenda de Saul. E menos ainda podemos reconhecer o homem que tinha vencido Golias e agora procura refúgio com os filisteus. Infelizmente, os seguidores de Jesus muitas vezes também se tornam irreconhecíveis. Com a ajuda de Deus, talvez tenhamos vencido algumas batalhas. Como Davi, demonstramos nossa confiança em Deus e ousadamente testemunhamos diante dos homens. Características da graça podiam ser vistas em nós. Então, de repente, tudo desaparece, e nos encontramos ao lado do mundo, unidos aos inimigos do Senhor.

Em Gate, Davi se esqueceu da derrota de Golias. Queridos leitores, jamais esqueçamos a cruz. Como um abismo, ela nos separa do mundo que crucificou Jesus (Gálatas 6:14).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: