E veio um homem de Deus a Eli, e disse-lhe: Assim diz o Senhor: Não me manifestei, na verdade, à casa de teu pai, estando eles ainda no Egito, na casa de Faraó?

1 Samuel 2:27-36 (leia aqui)

Aos olhos do povo, a conduta dos filhos de Eli era vergonhosa. Mas, especialmente aos olhos de Deus, que desgraça isso trouxe ao Seu Nome! Hofni e Finéias (este tinha o mesmo nome que o fiel filho de Arão – Números 25:11) tinham sido nomeados para o sacerdócio e se aproximaram das verdades divinas. A responsabilidade deles era muito maior se comparada à do resto do povo; a nossa é ainda maior que a deles, pois temos privilégios altíssimos como filhos de Deus.

Eli, ele mesmo um homem piedoso, não sabia como impor limites aos seus filhos. Certamente ele tentou adverti-los (v. 23), mas lhe faltou firmeza. Alguns filhos às vezes consideram os pais muito severos. Eles deveriam pensar nas conseqüências dos atos de Hofni e Finéias, que não tiveram uma educação suficientemente severa. As conseqüências foram gravíssimas para o próprio Eli: sua família foi excluída do serviço do templo e seus filhos foram mortos. Um profeta foi encarregado de lhe dizer essa triste mensagem. O Novo Testamento afirma que, se os filhos de um servo de Deus não forem submissos e disciplinados, poderão minar todo o poder do ministério do pai (1 Timóteo 3:4-5).

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: