E DEPOIS de Abimeleque, se levantou, para livrar a Israel, Tola, filho de Puá, filho de Dodo, homem de Issacar; e habitava em Samir, na montanha de Efraim.

Juízes 10:1-18 (leia aqui)

O nome de dois juízes é mencionado no início deste capítulo: Tola e Jair, ambos homens muito respeitados. Então o declínio moral recomeça. Quando Israel está em seu estado de degeneração, eles anseiam por servir a deuses do maior número de nações. Então, como das outras vezes, o Senhor usa os inimigos deles para castigá-los. Desta vez são os filisteus e os filhos de Amom. Ter adorado os deuses dessas duas nações não trouxe nenhum bem a Israel. Devemos notar que as tribos do outro lado do Jordão foram as primeiras vítimas. Elas foram literalmente “oprimidas” (v. 8). Por fim confessaram: “Contra ti havemos pecado, porque deixamos o nosso Deus e servimos aos baalins”. Sabemos que isso é sempre a “senha” para voltar ao Senhor.

E Deus responde severamente, até com um pouco de ironia: “Ide e clamai aos deuses que escolhestes; eles que vos livrem no tempo do vosso aperto”. Isso demonstra que apenas a confissão não é suficiente. Eles precisavam livrar-se dos ídolos (Gênesis 35:2). Essa é a prova definitiva da verdadeira obra na consciência. O povo entendeu isso. Então ouviram a seguinte palavra de conforto: “Já não pôde ele reter a sua compaixão por causa da desgraça de Israel” (v. 16). Que compaixão Deus sente por Seupovo miserável! O que será então que Ele sente por Seus filhos?

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: