Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim

12 de Agosto

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.” João 14.1

Hoje em dia milhões de pessoas são vítimas do medo. Existem tipos de medo que um pode causar ao outro por meio de palavras injustas. Enfermidades e ameaças de perigo também podem causar medo. A situação política mundial, principalmente aquilo que o futuro pode trazer, produz fortes neuroses de medo. O medo é atiçado de maneira impressionante pelos meios de comunicação. A maioria das pessoas sofre de um medo que não se pode definir. Você também padece desse pavor? Você sente um medo que o absorve e consome totalmente? Esse medo o joga de um lado para o outro? Sente medo pela manhã, medo à tarde, medo à noite? De onde vem isso? A definição desse medo é: pecados não perdoados. Esse medo só tem uma explicação, que poderia se chamar “culpa não expiada”. O primeiro e único mandamento do espírito da época em que vivemos diz: “Tenha medo!” Mas existe Alguém que venceu o mundo, e com isso venceu todo o medo: Jesus, que disse repetidas vezes: “Não temas.” Por meio dessas linhas, Ele o convida a vir a Ele com todos os seus temores. Por favor, venha à luz, venha a Jesus! Confesse a Ele sua culpa, e Seu sangue o purificará de todos os pecados, de modo que possa jubilar com o salmista: “Tu és o meu esconderijo; tu me preservas da tribulação e me cercas de alegres cantos de livramento.”

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)

About these ads

Uma resposta

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.803 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: