Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome

Domingo – 17 de Dezembro

Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome (João 1:11-12).

O FILHO DE DEUS

Direitos humanos são um assunto que preocupa muitas pessoas hoje em dia, devido à sua importância para a vida comunitária. Quando lemos o versículo acima, a pergunta que surge é se as pessoas têm direitos em relação à comunhão delas com Deus. Pela natureza, não. Deus é o Criador e o Governador universal, e Suas criaturas têm o mesmo direito que o barro diante do oleiro (veja Romanos 9:20-21). Além disso, o pecado tornou o homem inimigo de Deus, separando-o dEle (veja Romanos 8:6-8).

O versículo de hoje fala sobre o Senhor Jesus Cristo. Quando Ele entrou neste mundo, o mundo não O conheceu, e isto mostra o quanto a humanidade se afastou de seu Criador. Mas “os seus”, isto é, Israel, o povo terreno de Deus, deveria tê-lo conhecido. Os escribas e os sacerdotes podiam citar de cor as Escrituras do Antigo Testamento que referiam a Ele e à Sua vinda. Infelizmente, “os seus” O rejeitaram, e o fizeram de uma maneira mais terrível do que o mundo tinha feito.

Havia, entretanto, indivíduos que pensavam em si, em Deus e no seu relacionamento com Ele. Tais pessoas perceberam que eram pecadores e que necessitavam de um Salvador. Crer “no seu nome” (v. 12) significa reconhecê-lo como Filho de Deus e recebê-Lo no coração como o Salvador enviado por Deus. A estas pessoas Deus concede o direito à vida eterna, adotando-as como filhos.

Como acontece isso? Por meio da regeneração, um novo nascimento. Leia João 3:3, 16 e ainda 1 João 5:11-13. Todo filho de Deus regozija-se com este presente.

abnegação deles não é uma exigência de Deus, mas é conseqüência do amor que lhes foi manifesto.

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9).

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 52 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: