Pe. Hy het aan sy volk verlossing gestuur; Sade. Hy het sy verbond vir ewig ingestel; Kof. sy Naam is heilig en vreeslik. Salmos 111:9Want God het sy Seun in die wêreld gestuur nie om die wêreld te veroordeel nie, maar dat die wêreld deur Hom gered kan word. João 3:17

Versículos de hoje

Redenção enviou ao seu povo; ordenou a sua aliança para sempre; santo e tremendo é o seu nome. Salmos 111:9

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17

Anúncios

VERDADEIRO TESOURO

VERDADEIRO TESOURO
Leia:
Mateus 6:19-21

Riquezas no céu
Lucas 12.33-34
19– Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam. 20Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. 21Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês.

Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração. Mateus 6:21

Durante a Segunda Guerra Mundial meu avô, Ivan, ainda adolescente, serviu no Exército Vermelho como operador de metralhadora. As batalhas na fronteiras russas eram terrivelmente sangrentas. Milhares morriam diariamente.Era ilegal roubar dos inimigos mortos, mas as regras da guerra eram freqüentemente quebradas. Rustam, amigo do meu avô, fez uma enorme coleção de relógios alemães. Meu avô implorava: “Pare de roubar esses relógios dos alemães mortos! Não está certo. Além disso, podemos ser mortos a qualquer momento. Para que vai servir a sua coleção se você estiver morto?” Dias mais tarde, durante uma batalha na Polônia, meu avô foi gravemente ferido e Rustam foi morto. Meu avô nunca soube o que aconteceu com os relógios do seu amigo.Nosso mundo é diferente hoje. Mas as pessoas ainda tem um desejo incontrolável de ter. Estão dispostos a burlar a lei e comprometem sua integridade para se tornarem ricos. Jesus dá outra perspectiva à riqueza: “Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Marcos 8:36) Sabemos que não podemos levar nossos tesouros terrenos conosco quando morremos. Então, por que arriscar a vida eterna por eles? Jesus nos aconselha a colecionarmos tesouros no céu, servindo a Deus e ao próximo.
Pense:

Se não podemos levar nossos tesouros quando morremos, por que então arriscar a vida eterna por eles?
Ore:
Nosso Pai, ajuda-nos a sermos bons mordomos dos teus bens terrenos. Guarda nossas almas contra a ganância e dá-nos sabedoria para juntarmos tesouros no céu. Em nome de Jesus. Amém.

Alguns fariseus e alguns mestres da Lei que tinham vindo de Jerusalém reuniram-se em volta de Jesus

Marcos 7:1-16

Jesus e a tradição dos judeus
Mateus 15.1-9
1Alguns fariseus e alguns mestres da Lei que tinham vindo de Jerusalém reuniram-se em volta de Jesus. 2Eles viram que alguns dos discípulos dele estavam comendo com mãos impuras, quer dizer, não tinham lavado as mãos como os fariseus mandavam o povo fazer.
3(Os judeus, e especialmente os fariseus, seguem os ensinamentos que receberam dos antigos: eles só comem depois de lavar as mãos com bastante cuidado. 4E, antes de comer, lavam tudo o que vem do mercado. Seguem ainda muitos outros costumes, como a maneira certa de lavar copos, jarros, vasilhas de metal e camas.)
5Os fariseus e os mestres da Lei perguntaram a Jesus:
– Por que é que os seus discípulos não obedecem aos ensinamentos dos antigos e comem sem lavar as mãos?
6Jesus respondeu:
– Hipócritas! Como Isaías estava certo quando falou a respeito de vocês! Ele escreveu assim:

“Deus disse:
Este povo com a sua boca diz
que me respeita,
mas na verdade o seu coração
está longe de mim.
7A adoração deste povo é inútil,
pois eles ensinam leis humanas
como se fossem mandamentos de Deus.”

8E continuou:
– Vocês abandonam o mandamento de Deus e obedecem a ensinamentos humanos.
9E Jesus terminou, dizendo:
– Vocês arranjam sempre um jeito de pôr de lado o mandamento de Deus, para seguir os seus próprios ensinamentos. 10Pois Moisés ordenou: “Respeite o seu pai e a sua mãe.” E disse também: “Que seja morto aquele que amaldiçoar o seu pai ou a sua mãe!” 11Mas vocês ensinam que, se alguém tem alguma coisa que poderia usar para ajudar os seus pais, mas diz: “Eu dediquei isto a Deus”, 12então ele não precisa ajudar os seus pais. 13Assim vocês desprezam a palavra de Deus, trocando-a por ensinamentos que passam de pais para filhos. E vocês fazem muitas outras coisas como esta.
Jesus fala sobre a impureza
Mateus 15.10-20
14Jesus chamou outra vez a multidão e disse:
– Escutem todos o que eu vou dizer e entendam! 15Tudo o que vem de fora e entra numa pessoa não faz com que ela fique impura, mas o que sai de dentro, isto é, do coração da pessoa, é que faz com que ela fique impura. 16[Se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam.]

Os fariseus estão com ciúmes do êxito do Senhor com as multidões, mas, temendo-as, não ousam afrontá-LO abertamente. Então buscam acusar os Seus discípulos, como já o fizeram no capítulo 2:24. Para esses hipócritas, a pureza exterior era muito mais importante do que a de sua consciência, que lhes preocupava menos. Uma religião sem santidade realmente condiz muito mais com o coração natural. Os fariseus só estavam preocupados em obter a aprovação dos homens, e não a de Deus.

Em contraste, o objetivo do crente é, acima de tudo, o de agradar ao Senhor (Gálatas 1:10). E visto que Ele vê o coração, isso nos moverá a realizar uma cuidadosa “limpeza” interior; em outras palavras, a julgar atentamente os nossos pensamentos, motivos e intenções à luz da Palavra, a qual põe em evidência até mesmo a menor das manchas. O Senhor Jesus mostra a esses fariseus que as suas tradições chegam até a contradizer os mandamentos divinos e lhes mostra um caso muito evidente: o do respeito e dos favores que se deve aos pais. Quanto a este assunto, queremos lembrar que não só constava na lei (Êxodo 20:12), mas que é também sublinhado e repetido no Novo Testamento (Efésios 6:1-3; Colossenses 3:20). Mas guardemo-nos das meras tradições! Fazer as coisas só porque “sempre se fez assim” exclui qualquer ponderação e pode conduzir a sérios enganos. Deveríamos sempre examinar o que a Escritura diz.

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são

Sábado 27 Outubro

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas (2 Coríntios 4:18).

MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE LEVÍTICO (Leia Levítico 25:1-19)

Deus, que deu o sábado ao homem, está também atento à Sua criação. A cada sete anos, todo o trabalho na terra precisava ser interrompido para que a terra descansasse. E a cada sete vezes sete anos, no qüinquagésimo ano, o som da trombeta seria ouvido em Israel anunciando o Jubileu, a restauração de todas as coisas. Em conseqüência, em cada transação comercial, em cada propriedade vendida, tinha de se tomar em consideração a data do próximo Jubileu, o qual devia sempre ser lembrado. Queridos filhos de Deus, essa trombeta cujo som todos os israelitas — especialmente os oprimidos — aguardavam, sem dúvida nos faz lembrar da última trombeta que anunciará a descida do Senhor do céu para reunir os que lhe pertencem (1 Coríntios 15:52). Sim, o Senhor está vindo; não esqueçamos disso! Vivamos nesta expectativa. Vamos dar às coisas deste mundo seu valor relativo. Elas têm um caráter passageiro; desfrutaremos delas apenas por um tempo. Fixemos nossos olhos além, nas coisas que não se vêem, mas que são eternas (2 Coríntios 4:18). Que todas as nossas decisões, nossos projetos, tudo o que nos satisfaz, bem como nossas provações, sempre estejam rotuladas “por um tempo” sob a luz de nossa gloriosa esperança.

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo

27 de Outubro

“No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16.33

Como você pode experimentar o Senhor Jesus Cristo na atual situação em que você se encontra, Ele que é maior que todos os seus temores, aflições e problemas insolúveis? Resposta: falando com Ele sobre todos esses assuntos! Você experimentará a Jesus como maior que tudo na medida em que contar tudo a Ele. Eu também não posso resolver os meus problemas, mas posso contá-los a Jesus. E, dizendo tudo a Ele, da maneira simples como uma criança, Ele toma os meus problemas num processo de troca, dando-me Sua alegria e Sua paz.

Você está em perigo? Então diga-o a Jesus. Proceda da maneira como os discípulos outrora. Quando estavam com seu barco em alto-mar, e o Senhor Jesus havia adormecido pelo cansaço, de repente começou um temporal furioso. As ondas batiam contra o pequeno barco. Os discípulos não puderam mais mantê-lo, perderam a esperança – e disseram-no a Jesus! Então Ele se mostrou como Aquele que é mais poderoso do que a tempestade mais assustadora. Jesus, “levantando-se, repreendeu os ventos e o mar.” Por isso, fale com Ele sobre todos os seus problemas e perigos e sobre tudo o que vê ao seu redor. Então as ondas altas que o derrubam se acalmarão e o furacão que ruge dentro de você e ao seu redor cessará.

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)