Ano ra ko ia, Kaua e wehi; hira ake hoki o tatou hoa i o ratou hoa. 2 Reis 6:16Ki te taea, whakapaua ta koutou kia mau te rongo ki nga tangata katoa. Romanos 12:18

Versículos de hoje

E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. 2 Reis 6:16

Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. Romanos 12:18

Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida. Apocalipse

SEJA FIEL!
Leia:
Apocalipse 2:8-11

Mensagem à igreja de Esmirna
8– Ao anjo da igreja de Esmirna escreva o seguinte:
“Esta é a mensagem daquele que é o Primeiro e o Último, que morreu e tornou a viver. 9Eu sei o que vocês estão sofrendo. Sei que são pobres, mas, de fato, são ricos. Sei como aqueles que afirmam que são judeus, mas não são, falam mal de vocês. Eles são um grupo que pertence a Satanás. 10Não tenham medo do que vocês vão sofrer. Escutem! O Diabo vai pôr na prisão alguns de vocês para que sejam provados e sofram durante dez dias. Sejam fiéis, mesmo que tenham de morrer; e, como prêmio da vitória, eu lhes darei a vida.
11″Portanto, se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam o que o Espírito de Deus diz às igrejas.
“Aqueles que conseguirem a vitória não sofrerão o castigo da segunda morte.”

Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida. Apocalipse 2:10

A história de vida de Nikolai Antonovich daria um ótimo filme. Originário da Ucrânia, Nikolai foi levado para a Alemanha Nazista para trabalhar como escravo. Lá, ele ouviu e respondeu à Boa Nova de Jesus. Então, de volta à União Soviética, após a guerra, ele testemunhou para outros. E por causa dessas “atividades subversivas” ele foi preso e sentenciado a vinte e cinco anos num campo de trabalho forçado.Nikolai foi anistiado após a morte do ditador Joseph Stalin. E o prisioneiro voltou para casa, serviu sua igreja local, casou-se e, junto com sua esposa, criou quatro filhos. Recentemente, ele nos escreveu uma carta de encorajamento, que dizia: “Permaneçam fiéis até o fim, espero um dia encontrá-los no céu!” As palavras de Nikolai são profundamente bíblicas e partem de um coração que sabe o que elas significam. As Escrituras nos encorajam a permanecer fiéis a Deus independentemente das circunstâncias. Estas são as palavras de Jesus à igreja perseguida: “Seja fiel até a morte!” Não devemos permitir que os tempos difíceis nos afastem de Deus. Devemos, antes, nos apoiar na graça, no amor e na proteção de Deus, sabendo que a sua força torna a nossa fidelidade possível.
Pense:

A força de Deus torna nossa fidelidade possível. Ore:
Nosso Pai Celestial, ajuda-nos neste mundo de infidelidade a nos mantermos sempre fiéis. Ajuda-nos a perseverar ao nos aproximarmos da vida eterna que tu preparaste para nós. Em nome de Jesus. Amém.

 


 

Os apóstolos voltaram e contaram a Jesus tudo o que tinham feito e ensinado

Marcos 6:30-44

Jesus alimenta uma multidão
Mateus 14.13-21; Lucas 9.10-17; João 6.1-14
30Os apóstolos voltaram e contaram a Jesus tudo o que tinham feito e ensinado. 31Havia ali tanta gente, chegando e saindo, que Jesus e os apóstolos não tinham tempo nem para comer. Então ele lhes disse:
– Venham! Vamos sozinhos para um lugar deserto a fim de descansarmos um pouco.
32Então foram sozinhos de barco para um lugar deserto. 33Porém muitas pessoas os viram sair e os reconheceram. De todos os povoados, muitos correram pela margem e chegaram lá antes deles. 34Quando Jesus desceu do barco, viu a multidão e teve pena daquela gente porque pareciam ovelhas sem pastor. E começou a ensinar muitas coisas.
35De tardinha, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram:
– Já é tarde, e este lugar é deserto. 36Mande esta gente embora, a fim de que vão aos sítios e povoados de perto daqui e comprem alguma coisa para comer.
37Mas Jesus respondeu:
– Dêem vocês mesmos comida a eles.
Os discípulos disseram:
– Para comprarmos pão para toda esta gente, nós precisaríamos de duzentas moedas de prata.
38Jesus perguntou:
– Quantos pães vocês têm? Vão ver.
Os discípulos foram ver e disseram:
– Temos cinco pães e dois peixes.
39Então Jesus mandou o povo sentar-se em grupos na grama verde. 40Todos se sentaram em grupos de cem e de cinqüenta. 41Aí Jesus pegou os cinco pães e os dois peixes, olhou para o céu e deu graças a Deus. Depois partiu os pães e os entregou aos discípulos para que eles distribuíssem ao povo. E também dividiu os dois peixes com todos. 42Todos comeram e ficaram satisfeitos. 43E os discípulos ainda recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe. 44Foram cinco mil os homens que comeram os pães.

Os apóstolos que agora retornam ao Senhor parecem muito ocupados com o que haviam feito e ansiosos para Lhe relatar tudo. O Mestre sabe que eles necessitam agora de um pouco de repouso e preparou-o para eles “à parte, num lugar deserto”, junto com Ele. Nós, que mui facilmente fazemos valer a nossa necessidade de descansar, consideremos algumas das condições para que os discípulos desfrutem este repouso:

(1) ele vem depois da atividade na obra do Senhor;

(2)estamos apenas falando de um pouco de repouso, pois o mundo não pode oferecer um repouso duradouro (vide Miquéias 2:10);

(3) é tomado à parte do mundo e não em meio às distrações que ele pode oferecer;

(4)é desfrutado com o Senhor.

Na verdade, é um descanso de curta duração! Já se reúnem as multidões. O Senhor Jesus alimentará as suas almas, mas depois também os seus corpos (Mateus 4:4); porém, antes os discípulos são postos à prova. Eles tinham acabado de Lhe contar tudo o que fizeram e agora, então, era o momento de provar a sua capacidade em vez de despedir a multidão. “Dai-lhes vós mesmos de comer”, disse-lhes o Senhor, para fazê-los compreender que todo poder vem d’Ele. Ao mesmo tempo, em Sua graça, Ele concede que eles sejam co-participantes de Seu gesto de bondade. Uma vez mais vemos nEle sabedoria, poder e amor, características do perfeito Servo.

Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece

Quinta-feira 25 Outubro

Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.

Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece (Amós 4:12; João 3:36).

O RELÓGIO DA ESTAÇÃO DE TREM

Na manhã de 3 de outubro de 1952, o trem de Harrow, cheio de passageiros, que ia até Londres (Inglaterra), estava prestes a partir. Já estava na hora. O motivo do adiamento da partida sempre permanecerá uma incógnita. Uma densa neblina envolvia a estação; de repente surgiu um trem expresso noturno vindo da Escócia que, a toda velocidade, se chocou contra o trem parado. Pouco depois, outro trem que vinha de Londres também bateu nos vagões caídos sobre os trilhos, fato que aumentou ainda mais as proporções do desastre. O número de mortos chegou a 110, e o de feridos foi bem maior.

A fotografia da catástrofe publicada em um jornal tinha a seguinte legenda: “O relógio parou às oito e quatro, o instante do choque, e debaixo do relógio se podia ler em um cartaz: ‘Prepara-te para te encontrares com teu Deus’.” Todas as vítimas estariam prontas para se encontrarem com Deus naquele momento? Os que haviam recebido Jesus Cristo como seu Salvador pessoal estavam.

Que horas são no relógio de Deus? Você, leitor, está preparado para se encontrar com Deus caso seja a sua hora? Logo o juízo de Deus cairá sobre os que estão vivendo sem Deus e sem Jesus Cristo. A ira divina virá subitamente “como o ladrão de noite” (2 Pedro 3:10). No entanto, os que crêem no Salvador podem descansar pela fé na Palavra, pois Deus não os “destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 5:9).

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre.” Hebreus

25 de Outubro

“Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre.” Hebreus 13.8

Esta passagem bíblica irrefutável tem um conteúdo impressionante. Ela testifica que Jesus Cristo, que derramou Seu sangue em nosso favor na cruz do Calvário para perdão dos nossos pecados, nunca muda. Ontem, hoje e em toda a eternidade Ele é o mesmo que sempre foi, também no que diz respeito ao Seu ilimitado poder sobre o pecado, a morte e o diabo. Nossas aflições e temores vêm porque não conseguimos vencer os poderes das trevas ao nosso redor. Por isso somos frustrados, confusos, acanhados e tímidos. Os filhos de Deus de fato não têm que lutar contra “o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.” Mas sempre deveríamos ter consciência de que o mais forte está do nosso lado: Jesus Cristo! Ele é hoje como sempre foi em todos os tempos – muito maior do que qualquer poder que possa nos oprimir – e assim também Ele será em toda a eternidade. A grandeza de Jesus é tão absoluta que nada, a não ser Deus, o Pai, O supera. Para aquele que crê, portanto, não existe poder algum que o possa oprimir que Jesus já não tenha há muito derrotado pela Sua obra consumada na cruz do Calvário!

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)