Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

Segunda-Feira – 24/09/2007

  

   
   

NÃO SE PREOCUPE

Leia:
Mateus 6:25-34

25

Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

26

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?

27

E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

28

E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;

29

E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

30

Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?

31

Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?

32

(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;

33

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

34

Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

“Não se preocupem quanto ao que comer ou beber; nem… quanto ao que vestir.” Mateus 6:25

Todos nós nos preocupamos, alguns mais que outros. Um garoto pode se preocupar com suas notas, uma garota, com sua aparência. Um investidor se preocupa com ganhos e lucros, e um gerente, com o estoque de sua loja. Uma mãe e um pai podem se preocupar com um filho doente ou com um filho rebelde. Nos preocupamos com a nossa saúde, a situação mundial ou o futuro — tantas coisas que não podemos controlar.Minha esposa quase perdeu a vida durante o parto da nossa caçula. Naquelas longas horas de espera, eu não sabia se a vida dela seria poupada. Orei um pouco e me preocupei bastante. Às vezes, é difícil orar quando estamos preocupados. É por isso que é importante que outros orem por nós em tempos difíceis. O Senhor nos diz com carinho: “Não se preocupem… Observem as aves do céu; não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?” Se Deus se importa com as necessidades dos pássaros e das flores, por que Ele não se importaria ainda mais com seus filhos? Nosso Senhor nos chama para buscar seu Reino, viver em primeiro lugar para Ele e confiar que Ele suprirá todas as nossas necessidades.

Pense:
A preocupação não traz benefícios. Mas confiar em Deus e viver para Ele leva a uma vida plena e eterna.

Ore:
“O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele meu coração confia, e dele recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria e com meu cântico lhe darei graças.” Em nome de Jesus. Amém.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.

Mateus 23:23-39

23

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

24

Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.

25

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade.

26

Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.

27

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.

28

Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.

29

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,

30

E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas.

31

Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas.

32

Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.

33

Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?

34

Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade;

35

Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.

36

Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.

37

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!

38

Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;

39

Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.

Com essas veementes palavras, o Senhor condena solenemente aqueles que podemos designar como o “clero” de Israel. Esses guias cegos eram duplamente culpados, pois não entravam no reino dos céus e também abusavam da sua autoridade para impedir que outros entrassem (v. 13). Escrupulosos em extremo por pequenas coisas, negligenciavam as mais importantes: a justiça, a misericórdia e a fé (v. 23). Além disso, a sua máscara hipócrita enganava as pessoas simples que neles depositam sua confiança. Muito indignado, o Senhor Jesus revela-lhes a sua verdadeira face: são sepulcros caiados (mortos interiormente), são “serpentes”, assassinos e filhos de assassinos.

Antes de sair do templo, esta casa onde Deus já não mais tinha Seu lugar (deixando-a assim deserta – sem a presença divina), Jesus expressa em termos muito tocantes o juízo que iria recair sobre Jerusalém. Creio que podemos compreender um pouco o que foi para Seu coração divinamente sensível o desprezo à graça que Ele oferecia. “Mas estes não quiseram!” (cap. 22:3; Oséias 11:7). Catastróficas palavras! Quem dentre os que as ouvirão um dia poderá reclamar de Deus a culpa por sua aflição eterna? A salvação em Cristo foi e ainda está sendo oferecida. Mas muitos não querem aceitá-la.

Extraído do “Guia Devocional do Novo Testamento” – literatura@terra.com.br


 

Versículos de hoje 24/09/2007

Versículos de hoje

E deitou-se, e dormiu debaixo do zimbro; e eis que então um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te, come. Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força daquela comida caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus. 1 Reis 19:5,8

Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mateus 6:31,32

Ora, aconteceu que, indo eu já de caminho e chegando perto de Damasco, quase ao meio-dia, de repente me rodeou uma grande luz do céu (Atos 22:6).

Segunda-feira 24 Setembro

Ora, aconteceu que, indo eu já de caminho e chegando perto de Damasco, quase ao meio-dia, de repente me rodeou uma grande luz do céu (Atos 22:6).

SAULO DE TARSO, O APÓSTOLO PAULO

O que Saulo conta sobre sua vida em Atos 22:6-16 tem aplicação para todo ser humano ainda hoje. Todos estamos de viagem enquanto vivemos. Mas para onde vamos com tanta pressa?

Saulo de Tarso era um homem culto, um teólogo muito versado na lei judaica. No entanto, viajava na direção errada. Com fervor farisaico, considerava que seu dever era perseguir os cristãos. Sim, ele pensava agradar a Deus agindo assim, e com esse objetivo ía a Damasco. Porém esse caminho era equivocado, e Jesus Cristo, o Senhor, lhe ordenou que parasse.

De repente, Saulo viu uma luz celestial e mediante ela reconheceu que estava perdido, absolutamente sem saída. Esse acontecimento fez de Saulo um outro homem. Foi completamente transformado. O inimigo de Jesus Cristo se converteu em fiel servo, o ódio foi mudado em ardente amor e o fanatismo em abnegação. Saulo tornou-se Paulo.

Cada ser humano necessita de tal mudança. A Bíblia chama isso de “conversão”. É uma meia-volta no caminho da própria vontade para seguir a Cristo, é sair do caminho espaçoso que conduz à perdição e trilhar o apertado “que leva à vida” (Mateus 7:13-14). Deus certamente vem ao nosso encontro, mesmo que não faça um milagre como aconteceu com Saulo. Ele o faz por meio de nossa consciência, de vários fatos da vida, ou permite que sintamos o terrível vazio de uma vida sem Deus. Aquele que escuta a Sua voz inicia uma vida inteiramente nova.

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

 

“Sede fortes e corajosos; não temais, nem vos atemorizeis diante deles, porque o Senhor vosso Deus é quem vai convosco: não vos deixará nem vos desamparará.” Deuteronômio 31.6

24 de Setembro

“Sede fortes e corajosos; não temais, nem vos atemorizeis diante deles, porque o Senhor vosso Deus é quem vai convosco: não vos deixará nem vos desamparará.” Deuteronômio 31.6

Que maravilha! Ele mesmo, o Eterno, o Deus Todo-Poderoso diz que você não precisa temer, pois Ele próprio quer acompanhá-lo. O que é um andar com Deus, com o Eterno? Se Ele não tivesse prometido que quer andar e estar conosco, eu não me atreveria a falar mais sobre isso. Mas é possível andar com Ele, com o Deus eterno. Andar não significa apenas seguir adiante, mas acompanhar os passos do Senhor. Esse acompanhar Seus passos vem da tranqüilidade interior, desse descanso interior no Senhor. Se existir uma desarmonia entre sua alma e o Deus vivo, você não pode acompanhar os passos do Senhor. Ou você anda depressa demais, ou fica para trás. Em Amós 3.3 está escrito: “Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?” A condição fundamental para andar com o Deus vivo é você, um dia, ter se entregado totalmente a Ele por meio do Senhor Jesus Cristo e Seu sangue derramado. Só aí você se deixará determinar pelo ritmo dos Seus passos

. Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)