E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente (Gênesis 2:7).

Ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia (2 Coríntios 4:16).

Nosso ser interior

Nosso corpo não é nosso ser integral. Ele é ao mesmo tempo a habitação e o instrumento imperfeito e intratável de nosso ser interior. Os materialistas podem até afirmar que quando sofremos é o corpo que sente a dor; quando pensamos, isso é resultado de várias operações físicas do sistema nervoso; quando lembramos de algo é porque os recônditos do cérebro armazenaram a informação; e, por fim, quando o corpo morre, nada mais resta.

A vida animal é similar: esse é o ponto em comum que temos com eles. Os animais são simplesmente seres vivos; a vida deles acaba para sempre quando o pó retorna à terra.

Todavia, a alma humana é um elemento infinitamente mais importante. De onde vem, por exemplo, nossos desejos, o senso da presença de Deus, nossa consciência, saudades, remorsos, esperanças, etc? Tais sentimentos confirmam a existência de nossa alma, intrinsecamente ligada ao corpo natural, mas que não desaparece como a matéria inerte.

Deus nos fez “alma vivente”. Isso não pode ser destruído. Ela foi feita para ter um destino eterno. O que acontecerá com nossa alma na eternidade? Um dos ladrões crucificados ao lado de Jesus recebeu uma resposta imediata e definitiva para o apelo que fez à graça divina. O Senhor Jesus afirmou: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23:43). Querido leitor, o que cabia a Deus fazer por sua alma já foi realizado por Jesus Cristo na cruz do Calvário. Resta a você decidir se crê ou não nessa obra maravilhosa, e essa decisão determinará onde você passará a eternidade.

Extraído do devocional “Boa Semente” – literatura@terra.com.br

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 59 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: