ORA, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?

Gênesis 3:1-13 (leia aqui)

Veremos que a felicidade do homem no Éden foi de pouca duração. Na forma de uma serpente, o diabo se introduz no jardim e ganha a confiança da mulher enquanto, ao mesmo tempo, instila em seu coração desconfiança em Deus. “Deus não ama vocês”, sussurra ele, “pois, do contrário, não lhes teria vetado um tão grande benefício. É certo que não morrereis. E mais: sereis como Deus” (v. 4-5). É assim que o mentiroso semeia orgulho e cobiça no pobre coração humano (leia, em contraste, Filipenses 2:6).

“Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado” (Tiago 1:15). Infelizmente, o homem foi enganado; o conhecimento do bem e do mal não lhe deu força para fazer o bem ou para evitar o mal. O único resultado disso foi tomar ciência de sua nudez. Ele se envergonha daquilo que é por natureza. E as cobertas que fez para si e para a mulher de folhas de figueira somente ilustram os vãos esforços da humanidade em ocultar a sua miséria moral. Mas “todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas” (Hebreus 4:13). “Onde estás?” (v. 9). “Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses?” (v. 11). “Que é isso que fizeste?” (v. 13). São perguntas medonhas que não permitem fuga ou desculpas.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 52 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: