Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e, sim, poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando sofismas

Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e, sim, poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando sofismas.” (2 Coríntios 10.4)

Quando nossos pensamentos são puros, cheios de amor, irradia de nós uma atmosfera agradável e abençoada. Mas se são pensamentos maus, é melhor você ficar sozinho, senão você acabará espalhando uma atmosfera tensa e carregada ao seu redor, e um dia a comunhão em que você vive e trabalha será destruída. Diz-se que isso acontece devido às agressões reprimidas, mas se formos expressá-lo de maneira concreta, a causa são os seus pensamentos negativos contra seu irmão e sua irmã guardados em seu interior. Se o diabo tem poder sobre os seus pensamentos, então leve-os cativos a Jesus Cristo. E tenha confiança e bom ânimo, pois a promessa a seguir é válida também para você: “Eis aí vos dei autoridade… sobre todo o poder do inimigo.”

Os pecados da mente e da língua são irmãos gêmeos. Ai de nós se forem gerados pelo inferno! Mas Jesus é vencedor! Ele ganhou a vida eterna para todos nós, entregando Sua vida. Ele não aceitou provocações. Ele não aceitou o desafio de se defender. Ele permaneceu na cruz como o Cordeiro de Deus, e venceu definitivamente o inimigo que oprime e aflige você.

Extraído do livro “Pérolas Diárias” (de Wim Malgo)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 60 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: